Tudo o que você precisa saber

O pré-atendimento em vítimas de acidentes – graves ou não – é fundamental para que suas funções vitais sejam mantidas. Mais fundamental ainda, é o treinamento do profissional que realizará esse atendimento.

Um bombeiro civil passa por treinamentos de aproximadamente 30 horas de prática e 29 horas de teoria de Primeiros Socorros nas escolas de bombeiro civil. Essa carga horária está prevista na Portaria 008/600/14 do CCB – Comando do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de São Paulo, e isso acaba deixando o bombeiro inseguro para atuar de forma eficiente.

A razão principal para que um bombeiro enfrente essa realidade, é a baixa carga horária de cursos de Primeiro Socorros ofertados e exigidos para profissionais da área.

Você, muitas vezes, se sente um pouco despreparado para enfrentar determinadas situações no dia a dia do seu trabalho? Você sabe como lidar com uma vítima encarcerada em carro (presa entre as ferragens) em um acidente automobilístico? Ou como retirar e atender de forma correta uma vítima de atropelamento que se encontra debaixo de um carro?

As situações acima são apenas algumas entre as inúmeras ocorrências do dia a dia de um profissional dessa área. E justamente essa incerteza quanto aos conhecimentos que tem deixado muitos bombeiros frustrados ou despreparados. Você já se sentiu assim também? Saiba que esse é o sentimento de muitos outros bombeiros civis.

É, justamente, por esse motivo, que optar por um curso de aperfeiçoamento de Primeiros Socorros faz toda diferença, tanto na vida profissional como na vida pessoal. E se você, que nasceu para ser bombeiro e tem um espírito de amor ao próximo, quer “realmente” fazer a diferença, é preciso se preparar mais e estudar ainda mais. Conhecimento e preparo salvam vidas.

Depoimento de Aluno

André – Bombeiro Industrial

 

A ausência de atendimento pode ser caracterizada crime

De acordo com o Lei nº 2848/40 de 07 de dezembro de 1940, deixar de prestar atendimento às pessoas em situação de risco, pode ser considerado um crime, com autuação no Código Penal Brasileiro. Diz o artigo 135:

Art. 135 – Deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública:

Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

Parágrafo único – A pena é aumentada de metade, se da omissão resulta lesão corporal de natureza grave, e triplicada, se resulta a morte.

Condicionamento de atendimento médico-hospitalar emergencial (Incluído pela Lei nº 12.653, de 2012).”

O que caracteriza um atendimento pré-hospitalar bem feito?

Primeiramente, o reconhecimento do problema através de uma boa avaliação da cena. É a partir desta identificação que você conseguirá seguir com o seu atendimento. Outras ações também são importantes para que o socorro aconteça da melhor forma possível. Destacamos:

  • Controlar riscos de trauma ou morte, aplicando todas as medidas de segurança preventiva adequadas e de acordo com exigências do APH – Atendimento Pé-Hospitalar. Isso inclui o uso do cinto de segurança, sinalização correta do veículo, roupas com faixas refletivas, entre outras ações;
  • Conseguir compreender e identificar a anatomia e fisiologia do trauma que está em cuidados;
  • Avaliar a cinemática do acidente para melhor atender as vítimas e cuidar da segurança de todos ao redor;
  • Utilizar sempre a abordagem na sequência por prioridade, como o ABCDE (Airway, Breathing, Circulation, Disabillity e Exposition), CAB ou CABCDE;
  • Trabalhar o pensamento crítico e habilidade técnica para atender as necessidades da vitima;
  • Direcionamento no menor tempo possível aos cuidados hospitalares por intermédio de uma equipe bem treinada no SBV – Suporte Básico a Vida.

Um curso de Atendimento Pré-Hospitalar não deve somente treinar um bombeiro civil de forma repetitiva. É necessário encontrar o problema em cada situação e seguir com o atendimento com as técnicas e procedimentos mais atualizados do mundo.

Também é preciso levar em conta as principais necessidades da vítima ao invés de simplesmente decorar procedimentos. Um curso de primeiros socorros com a base do APH é realmente um enorme diferencial para esse profissional que deseja salvar vidas.

O bombeiro civil bem treinado atende e pratica os princípios do Atendimento Pré-Hospitalar e oferece um suporte básico de vida de elevada qualidade para as pessoas em necessidade. Conhecendo, então, um pouco mais sobre esses princípios do atendimento pré-hospitalar você se sente totalmente seguro para atender às necessidades de uma vítima em estado delicado de acordo com a sua formação atual como bombeiro civil?

Curso de Resgate, Primeiros Socorros e APH – Porque ele é um diferencial para a sua profissão?

Queremos destacar que, grande parte das técnicas provenientes do APH atual e que também são utilizadas em cursos de primeiros socorros e resgate, não são recentes. Elas provêm da experiência de décadas de guerras ao longo da história, e mais recentemente, das experiências de tropas americanas em combate no Iraque e Afeganistão. Essas também são utilizadas e adaptadas no Suporte Básico de Vida.

Curso de primeiros socorros para bombeiro civil é essencial para mostrar formas completas e complexas de como agir em situações de risco – tanto para o profissional como para a vítima – e evitar traumas mais sérios ou até a morte. Claro que aparenta ser um investimento profissional simplista diante a importância que é a função desse cargo para a sociedade.

É importante ressaltar que aproximadamente 15% das cidades do Brasil possuem Corpo de Bombeiros, e, um bombeiro civil bem treinado e preparado fará a diferença em qualquer lugar do nosso território nacional, mesmo não estando em serviço.

Bombeiros civis precisam estar completamente treinados e com procedimentos afinados. Entre as ações praticadas por esses profissionais que precisam estar completamente corretas, podemos destacar:

  • Avaliação primária;
  • Utilização de cânula de guedel;
  • Utilização correta de colar cervical;
  • Formas corretas de colocação de vítima em prancha rígida e entender porque a cavaleira não é mais utilizada;
  • Avaliação secundária com detecção de fraturas em grandes ossos  e checar perfusão de forma correta;
  • Retirada correta de vítima atropelada debaixo de veículo;
  • Correta utilização de KED em veículos e SKED em lugares de difícil acesso;
  • Correta avaliação do acidente para retirada rápida veicular;
  • Utilização de técnicas corretas para salvamento em altura com cordas e SKED;
  • Como abordar uma vítima encarcerada em um veículo de forma correta;
  • Como lidar de forma adequada com situações de acidentes com cargas e produtos perigosos;
  • Além de saber lidar com vítimas de traumas.

Todos os procedimentos acima são um grande diferencial para seu trabalho de campo. Somente com um treinamento de ponta de primeiros socorros com base no APH será possível propiciar um atendimento de altíssima qualidade.

Entre os principais tópicos que você aprenderá em um curso de Primeiros Socorros, podemos destacar:

Como fazer uma abordagem inicial correta e completa

É preciso entender completamente o conceito de primeiros socorros e APH. Através das melhores e mais atualizadas literaturas do mundo como será possível preparar o bombeiro para fazer uma abordagem inicial correta e detalhada de forma que esse profissional será visivelmente muito diferenciado no mercado de trabalho. OPHTLS,GRAUTRAUMAAssociação Americana do Coração, entre outras, são essenciais nesse momento.

É a partir desse ponto que a prática acontece. Além de aprender mais sobre o conceito, história e importância desse atendimento, o bombeiro também entenderá o porquê os primeiros socorros e o APH têm tanta importância para a sociedade.

Há também o entendimento sobre a responsabilidade e omissão de socorro – que como citamos anteriormente, pode ser caracterizada como crime pelo código penal -. A diferença entre Resgate e o Suporte Básico e Suporte Avançado do SAMU também é entendida de vez.

Quais as ações iniciais para um atendimento

Entre essas ações fundamentais, destacamos algumas para poder efetuar um atendimento com excelência. Por exemplo, como fazer uma boa avaliação de riscos, e principalmente, cuidar da segurança da vítima, da sua própria segurança e da equipe de resgate utilizando uma correta avaliação da cinemática do trauma.

É possível fazer uso do manual ABIQUIM,  se necessário, e fazer a correta sinalização de equipe de resgate em rodovias e ruas. Para essa última ação, indicamos o CTB – Código de Trânsito Brasileiro. Você também precisa aprender quais são e como fazer uma avaliação primária e secundária no atendimento pré-hospitalar, quais são as técnicas de ventilação, circulação, controle do ambiente e algumas outras.

Além dos conhecimentos acima, precisa também aprender mais sobre paradas cardiorrespiratórias, entre outras. Todas essas ações são importantes para livrar ou amenizar a vítima de traumas, sofrimentos ou sequelas maiores.

Como agir em Primeiros Socorros em Acidentes do cotidiano

Com um treinamento diferenciado de primeiros socorros com base no APH, o bombeiro civil se sentirá seguro para fazer a diferença no Suporte Básico de Vida. Somente com treinamento e conhecimento de ponta será possível agir de forma eficaz em diferentes situações.

Entre as práticas de resgate aprendidas no curso, entra na lista o afogamento, engasgamento, controle de hemorragia, acidentes com animais peçonhentos, insolação, choque elétrico, queimaduras, resgate de vítimas por cordas e uso de SKED em locais de difícil acesso e muitas outras situações delicadas.

Faça hoje mesmo um curso de primeiros socorros para bombeiro civil

Como citamos antes, o curso completo de primeiros socorros com  base no atendimento pré-hospitalar é um aprendizado fundamental para sua capacitação profissional. Além de promover mais segurança às suas vítimas, você também terá mais firmeza com suas ações, evitando acidentes consigo ou com a sua futura equipe de resgate. O mais importante, de todo esse aprendizado, é também poder salvar pessoas e minimizar sequelas em vítimas de traumas ou outros tipos de acidentes.

Se você quer realmente salvar vidas, fazer a diferença e estar preparado para situações adversas, lembre-se que, conhecimento e preparo salvam vidas.

Pensando nisso e percebendo essa deficiência do mercado, a 22Brasil Treinamentos de Barueri-SP decidiu desenvolver os cursos de “APH Avançado (Socorrista) de 240 Horas, “Primeiros Socorros.

Com um curso de Socorrista baseado no que há de melhor na área do APH, você bombeiro civil, sentirá que realmente fará a diferença. Se sentirá também mais preparado do que os próprios bombeiros militares do RESGATE.

Temos turmas iniciando no primeiro e no segundo semestre. Nossos cursos de primeiros socorros são orientados por bombeiro civil credenciado junto ao Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo e especializado em APH, enfermeiros especializados em UTI, Emergência e APH com experiência em Resgate Rodoviário. Nossos instrutores são doutores enfermeiros, professores em escolas de enfermagem.

Tiramos todas as suas dúvidas sobre o curso de primeiros socorros – atendimento pré-hospitalar?

Entre em contato e fale conosco e saiba mais sobre as unidades, aulas e inscrições!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *