O papel do enfermeiro no atendimento Pré-hospitalar

O papel do enfermeiro no atendimento Pré-hospitalar

O papel do enfermeiro no atendimento Pré-hospitalar é importantíssimo para salvar vidas em momentos de urgência e emergência.

O Atendimento Pré-Hospitalar (APH) é um integrante indispensável do nosso sistema de saúde, pois, em alguns casos, o paciente precisa de um atendimento de urgência ou emergência e não possui condições de se deslocar até o hospital, sendo necessário que o serviço médico vá até ele. O APH é executado, via de regra,  pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), bombeiros civis, bombeiros militares, socorristas de resgate rodoviário e defesa civil.

Esse atendimento realizado antes da checada ao hospital faz muita diferença, podendo até ser o que impede que o paciente venha a falecer ou sofrer sequelas graves permanentes. Grandes responsabilidades como essa exigem profissionais capacitados. A equipe é formada por:

– Médicos;

– Técnicos de Enfermagem;

– Condutores de Veículo de Emergência;

– Condutores de guinchos leves e pesados;

– Telefonistas;

– Enfermeiros;

– Dentre outros.

Enfermeiros são atuantes de extrema relevância nesse tipo de atendimento, iremos entender um pouco mais sobre ele ao decorrer do texto.

Qual o papel do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar?

Enfermeiro possui um papel de suma importância no atendimento pré-hospitalar, principalmente no suporte avançado de via e também na coordenação de toda a equipe. Ele será o profissional responsável por conduzir o atendimento de forma segura, atuando de maneira a prevenir complicações no quadro do paciente e avaliá-lo, buscando identificar riscos em potencial.

Um profissional da enfermagem que irá acompanhar o paciente de perto e garantir que suas necessidades sejam sanadas, assim como, irá definir quais as prioridades no atendimento. Ele será quem deve ter a iniciativa de iniciar qualquer tipo de procedimento caso o paciente precise ser estabilizado ou de intervenções mais avançadas que a atribuição do técnico de enfermagem não venha a permitir no local.

Portanto, é possível perceber que, apesar de o serviço de enfermagem ser classificado, erroneamente, como auxiliar, ele, na verdade, é um importante protagonista no Atendimento Pré-Hospitalar. Sua presença faz muita diferença no serviço prestado e na recuperação do paciente.

Sendo assim, é essencial que esses profissionais estejam totalmente qualificados, profissional e emocionalmente, pois, precisam ter controle de si e da situação enfrentada.

Reiterando a atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar, o COFEN, Conselho Federal de Enfermagem, publicou no mês de março de 2020 a resolução 633/2020 normatizando esse papel, seja em atendimentos terrestres ou aquaviários.

O que considerar ao investir em um curso de Socorrista Pré-hospitalar?

Existem algumas considerações que você deve fazer antes de ingressar em um curso de APH. Isso acontece porque, apesar de ser um conteúdo que devia ser obrigatório para todos os profissionais da área da saúde, não são todas as pessoas que conseguem lidar com os serviços de atendimentos de urgência e emergência.

Algumas vezes, você irá precisar lidar apenas com casos simples, como cortes pequenos e rasos, porém, muitas vezes, você precisará lidar com pacientes que estão entre a vida e a morte. Para isso, você precisará de muito controle emocional, condicionamento físico, conhecimento teórico e, principalmente conhecimento prático. Entretanto, se o seu sonho é trabalhar nessa área, não desanime, procure cursos que preconizem, principalmente, muito treinamento prático e depois você estará apto para realizar serviços médicos de urgência e emergência.

Benefícios da formação em um curso de Socorrista Pré-hospitalar

O certificado de um curso de Socorrista Pré-Hospitalar é um diferencial no currículo de todo o profissional da área da saúde, ou mesmo, em profissões que não sejam ligadas à saúde. As indústrias, por exemplo, voltam muito a atenção para pessoas com essa qualificação, pois, legalmente, elas precisam ter na equipe pessoas aptas para agirem em caso de acidente de trabalho ou algo relacionado.

O curso de Socorrista Pré-Hospitalar pode ser feito por qualquer pessoa, não tendo pré-requisitos quanto à formação ou profissão por envolver também, condutores de veículos de emergência que não fazem parte da área da saúde.

Pensando no papel essencial que essa capacitação possui, a 22Brasil Treinamentos desenvolveu cursos de excelência nessa área que possuem foco primordial na prática, de forma a garantir uma formação de excelência.

Conheça nosso treinamento especializado em APH através do nosso site.

A 22Brasil é um centro de treinamentos com certificação internacional nos EUA através da ASHI - American Safety & Health Institute, focada no atendimento Pré-Hospitalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Pular para a barra de ferramentas